MC Guimê diz que foi tratado como ‘animal’ na adolescência e hoje sofre preconceito em Alphaville


Em entrevista à BBC Brasil, funkeiro também defende legalização da maconha e reitera que letras de suas músicas, consideradas por críticos como machistas, apenas visam a exaltar mulheres.

Fonte: G1 Música – Leia a matéria completa.